Celulite

Perfumaria Lélia

28 Julho 2019

Sem comentários

Constitui uma das maiores preocupações das mulheres em todo o Mundo.
A celulite manifesta-se pela presença de pele com aspeto irregular, devido à acumulação de gordura nos adipócitos ao nível da hipoderme. Ocorre uma hipertrofia do tecido gordo e a pele ganha um aspeto ondulado e irregular.

Nas formas mais ligeiras, a celulite apenas é detetada quando a pele é omprimida. Nos casos mais acentuados, a pele forma irregularidades.
As áreas mais afetadas pela celulite são as nádegas, coxas, abdómen e braços.

Quais as causas da celulite?

As causas da celulite são várias. Entre elas:

• Fatores hormonais;
• Hábitos alimentares pouco saudáveis;
• Estilo de vida sedentário;
• Uso de vestuário muito apertado;
• Entre Outros.

TIPOS DE CELULITE

Celulite edematosa: É um estado inicial em que pre­domina a retenção de líquidos. Localiza-se quase de forma geral ao longo de toda a perna, podendo observar-se ca­racterísticas da celulite mole e da dura.

As pernas incham, costuma ser um pouco dolorosa ao toque e podem notar-se nódulos.

Celulite hipertrófica dura: Localiza-se em zonas muito concretas, como a região do culote, ainda que também possa aparecer no ab­dómen e braços.

A pele é compacta e dura e a zona onde está instalada é mais fria do que o resto do corpo. Dói quando se aperta ligeiramente e faz nódoa negra com facilidade.

Celulite mole: Caracteriza-se por os tecidos superficiais apresentarem pouca consistência (flacidez). Coxas, ancas e glúteos são as zonas preferidas e muda de forma quando se aperta com a mão ou consoante a posição do corpo.

Pode estar associada a problemas circula­tórios, fadiga ou dores musculares. É frequente em mulheres de meia idade

Medidas a adotar:

  • Realizar uma alimentação equilibrada, saudável e variada;
  • Manter um peso saudável;
  • Hidratar bem o organismo diariamente, beber água, tisanas e chás sem açúcar;
  • Evitar o consumo excessivo de sal e açúcar refinado;
  • Evitar vestuário apertado para não prejudicar a circulação sanguínea;
  • Praticar exercício físico regular;
  • Aplicar diariamente produtos anticelulíticos específicos para o tipo de celulite em questão e realizar esfoliação semanal;
  • Realizar massagens de drenagem linfática, modeladoras, tratamentos antioxidantes e de lipólise.

Agende já a sua consulta de avaliação gratuita e veja o que podemos fazer por si!